July 3, 2020
 
 
 
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Pesquisa encomendada

Muitas organizações internacionais, doadores OCDE e OSC encomendaram pesquisas de DFI. Incluíram:

  • Alívio e sustentabilidade da dívida, o Banco Africano de Desenvolvimento, o Secretariado da Commonwealth, a Rede Europeia sobre Dívida e Desenvolvimento (EURODAD), a Fundação para Dívida e Desenvolvimento (FONDAD), o Grupo de 24 Países em Desenvolvimento, a Iniciativa para Diálogo sobre Políticas/Gabinete da ONU de Financiamento do Desenvolvimento, a Coligação Fazer da Pobreza História, a Agência Sueca de Cooperação para o Desenvolvimento Internacional (Asdi), a Comissão Britânica para África, o Ministério Britânico para o Desenvolvimento Internacional (DFID), o Tesouro Britânico, a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (CNUCED), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e a Comissão Económica das Nações Unidas para África (UNECA). As áreas temáticas incluíram sustentabilidade da dívida, alívio da dívida (multilateral, Clube de Paris, bilateral não-Clube de Paris, comercial, e processos).
  • Novos financiamentos públicos, o Ministério Dinamarquês dos Negócios Estrangeiros, a União Europeia, a FONDAD, os Ministros das Finanças PPME, a Coligação Fazer da Pobreza História, o CAD OCDE, Oxfam GB, a Agência Sueca de Cooperação para o Desenvolvimento Internacional (Asdi), os Ministérios Suecos das Finanças e dos Negócios Estrangeiros, a Comissão Britânica para África, o Ministério Britânico para o Desenvolvimento Internacional, o Fórum de Cooperação para o Desenvolvimento (FCD) das Nações Unidas, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). As áreas temáticas incluíram financiamento externo através de ajuda bilateral e multilateral, ajuda sul-sul, eficácia da ajuda, e financiamento não-concessional multilateral, bilateral e comercial; assim como financiamento da dívida interna.
  • Financiamento do sector privado, o Ministério Dinamarquês dos Negócios Estrangeiros, a FONDAD, o Instituto Norte-Sul do Canadá, a Agência Sueca de Cooperação para o Desenvolvimento Internacional (Asdi) e o Ministério Britânico para o Desenvolvimento Internacional. As áreas temáticas incluíram tendências do financiamento, clima e perspectivas de investimento, o impacto da crise financeira mundial e responsabilidade das empresas, assim como estudos pormenorizados de fluxos para África e países de baixa renda.


Últimos trabalhos da DFI que foram feitos nessa área:

Fevereiro 2013 - É o parceiro preferido? Publicação Iminente da avaliação do BAD por seus Clientes

AFDBO relatório da avaliação organizado pela DFI e GEG a pedido do Banco Africano de Desenvolvimento será publicado em Fevereiro após as discussões finais com o Conselho de Administração em 18 de Fevereiro. O relatório concluiu que o BAD é o parceiro preferido pelos clientes africanos em comparação a outras instituições de financiamento e fornece recomendações em termos de estratégia, recursos e serviços e assistência para o sector privado. Também recomenda que o Banco torne-se um “Banco de Políticas” e de acordo com as sugestões de seus clientes, que reforce o seu compromisso com os seus stakeholders para se tornar o parceiro de escolha no contexto de longo termo para 2013-22.

18 Junho - Relatório da Save the Children sobre a Importância da Protecção Social

Save_the_ChildrenDFI foi comissionada por Save the Children UK para elaborar uma pesquisa sobre as tendências actuais e projectadas das despesas de protecção social como parte do seu novo relatório A Chance to Grow. No contexto da crise financeira mundial que atingiu mais duramente os países mais vulneráveis, este relatório, através de recomendações específicas, concluiu que a promoção e o fortalecimento de programas de protecção social podem reduzir a fome e a desnutrição infantil, salvar vidas e promover desenvolvimento económico.

12 Setembro – Relatório Real Aid 3 – Dependencia da Ajuda está diminuindo

ActionaidDFI co-escreveu um relatório com a Action Aid sobre Ajuda Real que argumenta que os países em desenvolvimento estão menos dependentes na Ajuda e que a Ajuda Real está transformando suas vidas. O relatório também afirma que a chave para reduzir a dependência da ajuda é uma liderança forte pelo país beneficiário, em vez de pelos doadores. Também discute o que é e não é a Ajuda Real, as recomendações para Busan e além.

29 Junho - 1 Julho - Seminário do BAD para várias partes interessadas

South_AfricaDFI e GEG realizaram um seminário para vários actores – OSC, Sindicatos, Parlamentares, Sector Privado e Oficiais de Governos – em conjunto com o BAD em Joanesburgo, África do Sul de 29 Junho a 1 de Julho. Os 52 participantes de 28 países avaliaram as políticas e os procedimentos do BAD e fizeram sugestões e recomendações práticas para melhorar o desempenho do BAD. As discussões focaram na estratégia global, responsabilidade, governação, envolvimento com grupos de diferentes sectores e suas questões específicas. O documento do projecto está disponível aqui.

7-10 Junho - Assembleia Anual do BAD em Lisboa

AFDB_Globe

DFI e o Programa de Governação Económica Global (GEG) foram representados na Reunião Anual de 2011 da Assembleia dos Governadores do Banco Africano de Desenvolvimento em Lisboa, Portugal. Foi no contexto da actual avaliação panafricana dos clientes que a DFI e CEG efectuaram entrevistas face à face com os Ministros da Finança e outros altos funcionários, assim como dirigentes de organizações africanas oriundas de comunidades regionais económicas. As conclusões da avaliação independente serão apresentadas ao Conselho do Banco nas próximas semanas.

9-3 Maio - DFI comissionada para um estudo pela DCF

UNA DFI foi recentemente contratada pela DCF da ONU para preparar um estudo para analisar a quantidade e a qualidade da ajuda nos países menos desenvolvidos e esboçar possíveis elementos para um quadro de responsabilização dos países menos desenvolvidos que se baseia na análise de processos existentes como uma contribuição. O estudo foi discutido na Conferencia sobre os Países Menos Desenvolvidos durante a quarta Conferencia da Nações Unidas (LDC-IV) realizada em Istambul de 9 a 13 de Maio de 2011 para rever O Programa de Acção de Bruxelas (BPoA) e concordar sobre um novo Programa de Acção (IPoA) para PMDs. O documento pode ser visto aqui.

9-13 Maio - IV Conferência dos PMD sobre a Ajuda aos PMD

TurkeySave_the_Children

A DFI assistiu o Departamento da ONU de Assuntos Económicos e Sociais a preparar um documento de referência assim como um evento que se realizou paralelo à conferência. Para mais informações sobre este evento, veja aqui. DFI também auxiliou a Save the Children UK a produzir um documento sobre a ajuda aos países menos desenvolvidos. Este documento “PMD: Grandes Desafios, Assistência Mínima” é disponível aqui.

4-6 Maio - BAD – Fórum Económico Mundial (Cidade do Cabo)

World_Economic_ForumDFI e o Programa de Governação Económica Mundial da Universidade de Oxford conduziram uma missão conjunta ao Fórum Económico Mundial com o objectivo de se reunirem com empresários africanos para iniciar os questionários sobre o sector privado para o Inquérito do Cliente do Banco Africano de Desenvolvimento. A reunião produziu resultados preliminares úteis para o inquérito e ajudou a melhorar a sua metodologia.

3-4 Maio - Inquérito do BAD- Primeiro Seminário: Funcionários do Governo

AFDB_GlobeDFI e GEG em conjunto com o Governo do Mali e com o BAD, realizaram o primeiro seminário para os funcionários públicos que são gestores do departamento responsável pelo financiamento do BAD. No seminário, 25 funcionários de 18 países avaliaram as políticas do BAD e procedimentos utilizando o sistema PFC PPME para avaliar diferentes fontes de financiamento do governo. Eles também discutiram questões mais amplas como por exemplo: a descentralização, os sistemas de avaliação interna do BAD, transparência e comunicação, e parceria com outras instituições Africanas, e produziram recomendações abrangentes para melhorar o desempenho do BAD. O documento do projecto está disponível aqui. Um segundo workshop que também incluirá funcionários do governo será realizado em Joanesburgo de 29 Junho - 1 Julho

13-18 April – BAD – Inquérito aos Clientes foi iniciado

AFDBDFI e GEG lançaram o inquérito do desempenho do BAD contactando e sensibilizando todos os 40 Governos Africanos que participaram das Reuniões da Primavera e entrevistaram um pequeno grupo de oficiais de alto nível dos governos. Outros participantes presentes prometeram completar o questionário online para o projecto. Entrevistas continuarão nas Reuniões Anuais do BAD que se realizarão em Lisboa em Junho. Para maiores detalhes do Inquérito do Cliente, veja aqui.

7 Março - DFI contribui para o relatório de acompanhamento mundial da Unesco “Educação para todos”

Lançado em 01 de Março, o relatório da UNESCO, Relatório Mundial de Acompanhamento da Educação para todos 2011 - A crise escondida: Conflito armado e educação examina como o conflito armado priva 28 milhões de crianças de uma educação através do mundo. DFI contribuiu para este relatório produzindo um documento de referência que abrange uma ampla gama de países em O impacto da crise financeira sobre o financiamento da educação nacional e contribuíram para um estudo de caso em Moçambique, que explora o Impacto da Crise Financeira no Setor de gastos com educação e Respostas de Política de Governo. Um lançamento oficial desse relatório será feito em Paris na sede da UNESCO em 8 de Março.

14 Fevereiro - DFI-GEG: Clientes avaliam o BAD

AFDB_GlobeBaseados em seus trabalhos anteriores em avaliação de organizações de ajuda multilateral, a DFI e a Global Economic Governance Programme, da Universidade de Oxford, foram contratadas pelo Banco Africano de Desenvolvimento para realizar uma avaliação independente de seu desempenho por seus clientes africanos, no período de Março a Outubro de 2011.Através de workshops, entrevistas e pesquisas, esta avaliação irá envolver amplas consultas com políticos e funcionários do governo, parlamentares, representantes do sector privado e representantes de outras organizações Africanas que trabalham com o BAD.

 

Assine o Boletim Electrónico

French
Portuguese
Spanish
English

Onde trabalhamos

wherwwework_map_small